Como a depilação a laser funciona?

Cada vez mais pessoas fazem o tratamento de depilação a laser, mas nem todos sabem como essa técnica funciona.

Depilação a laser é um método de redução permanente de pelos capaz de oferecer até 90% de resultado. Para conseguir isso, um raio concentrado de luz (laser) é disparado no pelo e o pigmento presente no pelo chamado melanina absorve essa luz. Ao absorver a luz, ele serve como condutor para essa energia chegar até o folículo. A concentração de melanina no folículo faz com que a energia chegue até ele e o danifique. Isso retarda o crescimento dos pelos no futuro.

Ao contrário do que muitas vezes é falado erradamente pelas clínicas, o tratamento não elimina 100% dos pelos. Os pelos mais finos e menos pigmentados podem persistir. Apesar disso, essa pequena parcela é muito difícil de ver e é bastante macia ao toque. Os pelos mais grossos, mais aparentes e mais ásperos são eliminados.

Esse processo é chamado de fototermólise seletiva, pois a força do laser afeta somente a estrutura do pelo e não afeta os tecidos em volta, evitando maiores danos. Para isso, o comprimento de onda e o tempo que o laser fica incidindo sobre a pele são muito precisos.

Outro processo que chega mais perto da depilação completa é a eletrólise que é mais cara, mais dolorosa e lenta. Alguns pelos brancos ou pouco pigmentados (muito claros) podem ser eliminados com um tratamento adicional de eletrólise.

Os resultados ideias para a maioria das pessoas é conseguido utilizando lasers tipo médico, com a redução permanente de pelos. Clínicas de estética especializadas em depilação a laser como a SkinPlanet se utilizam de lasers de diversos tipos, cada um adequado a um tipo de pele diferente.